HI2TRUST

Plataforma de 2ª geração para inspeção de componentes a alta temperatura

 


Acrónimo: Hi2TRUST

Designação do projeto: HI2TRUST – PLATAFORMA DE 2ª GERAÇÃO PARA INSPECÇÃO DE COMPONENTES A ALTA TEMPERATURA

Código do projeto: POCI-01-0247-FEDER-003335 • LISBOA-01-0247-FEDER-003335

Objetivo Principal: Reforçar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação.

Região de intervenção: Lisboa, Centro

Entidades beneficiárias:
ISPT – Industrial Services, S.A.
ISQ – Instituto de Soldadura e Qualidade
The Navigator Company
Universidade Nova de Lisboa

Data de aprovação: 08-03-2016
Data de início: 01-04-2016
Data de conclusão: 31-03-2018

Custo total elegível: 811.918,58 €
Incentivo: 369.082,68 € (Apoio FEDER)
Apoio financeiro da União Europeia: FEDER –EUR

 

Objetivos, atividades e resultados esperados/atingidos:
O projecto Hi2TRUST constitui um segundo ciclo de desenvolvimento, iniciado em 2013 com o projecto HITRUST, de um sistema avançado de inspecção e monitorização de componentes críticos em serviço, nas condições operacionais de alta temperatura, até aos 550ºC.

O objectivo deste projecto é ultrapassar as limitações físicas da tecnologia de inspecção EMAT (Electromagnetic Accoustic Transducers) identificadas pelo consórcio no projecto HiTRUST.

Neste contexto, foram desenvolvidas outras técnicas de inspecção por Ultra-sons avançados, por Correntes Induzidas e desenvolvido um módulo de inspecção visual automatizado. Com este projeto foi possível implementar a inspecção volumétrica, utilizando o Phased Array e o TOFD (Time-Of-Flight Diffraction), e inspecção superficial, utilizando as Correntes Induzidas e Inspecção Visual remota utilizando câmaras avançadas de alta definição e um sistema de alinhamento laser. A integração destas técnicas tem um caracter complementar com as restantes, conseguindo-se assim maximizar a sensibilidade e capacidade de detecção do sistema. O resultado final da integração destas tecnologias foi um produto que integra aspectos radicais de inovação combinando várias técnicas avançadas de controlo não destrutivo que permitem inspeccionar todos os defeitos típicos em tubagens e recipientes sob pressão que funcionam em condições de serviço a alta temperatura.

Neste contexto, o projecto Hi2TRUST constitui um instrumento fundamental para continuar o ciclo de desenvolvimento já iniciado pelos promotores e contribuir de uma forma decisiva para a competitividade do promotor líder na inspecção de componentes em serviço e permitir sustentar a sua internacionalização em sectores industriais externos de referência.

Com este projeto conseguiram-se os resultados técnicos esperados e que permitem à ISPT disponibilizar um serviço inovador nos mercados nacinal e internacional.

1 – Sistema de inspeção em serviço integrando um conjunto de técnicas inovadoras, altamente competitivo na sua sensibilidade e capacidade de deteção, incomparável ao que existe atualmente no mercado: Maior eficácia de inspeção uma vez que os defeitos são inspecionados em serviço e não com os componentes parados, diminuição dos custos de inspeção/manutenção por dispor da capacidade de monitorizar os defeitos detetados e conseguir prolongar a vida útil do componente.

2 – Scanner de inspeção automatizado – Aumento da produtividade de inspeção e otimização das equipas de inspeção. Ao dispor de um método automatizado reduz o tempo de exposição das equipas de operadores nas condições de temperatura extrema. A capacidade de controlo remota e de realização de inspeção visual automatizada constituem uma mais valia fundamental no sistema.

3 – Sistema de inspeção com registo de informação, interpretação automática de defeitos e capacidade de monitorização – Diminuição dos tempos de inspeções periódicas de manutenção por disponibilização de um registo das descontinuidades detetadas durante a construção e ausência de consumíveis.

4 – Desenvolvimento de conceitos de sonda, Phased Array, TOFD e Correntes Induzidas, totalmente inovadores: aumento da sensibilidade de deteção e capacidade de detetar descontinuidades no início da sua evolução.

5 – Arquitetura modular- Permitindo aplicar todas as técnicas em simultâneo ou cada módulo em separado, conforme a aplicação.